Os exames clínicos exigidos pela legislação vigente são fundamentais para as empresas evitarem futuros problemas com seus funcionários. Cabe ressaltar que os exames devem ser realizados em todos os empregados nas fases de: admissão, periódicos, mudanças de função, retorno ao trabalho e demissão. Os exames admissionais possuem uma peculiaridade: é nessa fase que a empresa adquire conhecimento sobre a saúde do trabalhador a ser contratado.

Admissional

 

O exame médico adimissional é um exame médico simples e obrigatório que é solicitado antes da contratação de um novo funcionário com carteira registrada. O exame médico admissional está previsto no artigo 168 da CLT, o qual diz:

 

"Será obrigatório exame médico, por conta do empregador, nas condições estabelecidas neste artigo e nas instruções complementares a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho: I - na admissão; II- na demissão; III - periodicamente."

Demissional

 

O exame médico demissional é realizado para comprovar o bom estado de saúde do funcionário que será desligado da empresa. O objetivo é verificar se o empregado não adquiriu nenhuma doença em função do ambiente de trabalho ou alguma limitação por acidente que possa prejudicá-lo futuramente. O exame médico demissional está previsto no artigo 168 da CLT, o qual diz:

 

"Será obrigatório exame médico, por conta do empregador, nas condições estabelecidas neste artigo e nas instruções complementares a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho: I - na admissão; II- na demissão; III - periodicamente."

Periódicos

 

O exame médico periódico visa avaliar o estado de saúde em função da exposição ambiental a fatores de riscos físicos, químicos, biológicos e ergonômicos, aos quais os colaboradores podem estar expostos. Em Alguns casos, fatores de riscos físicos e químicos são passíveis de serem rastreados, mensurados e monitorados por exames periódicos. O exame médico periódico está previsto no artigo 168 da CLT, o qual diz:

 

"Será obrigatório exame médico, por conta do empregador, nas condições estabelecidas neste artigo e nas instruções complementares a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho: I - na admissão; II- na demissão; III - periodicamente."

Mudança de Função

 

O exame médico de mudança de função deve ser realizado obrigatoriamente antes da data da mudança. Entende-se por mudança de função toda e qualquer alteração de atividade, posto de trabalho ou de setor, que implique na exposição do trabalhador a risco diferente daqueles a que estava exposto antes da mudança.

Retorno ao trabalho

 

O exame médico de retorno ao trabalho deve ser realizado obrigatoriamente no primeiro dia da volta do colaborador ao seu trabalho, estando ausente por período igual ou superior a 30 (trinta) dias por motivo de doença ou acidente, de natureza ocupacional ou não, inclusive parto.

São denominados exames complementares todos aqueles que auxiliam o médico na elaboração de um diagnóstico e que determinam aptidões ocupacionais para algumas funções específicas como trabalho em altura, espaço confinado, local ruidoso, direção de veículos, entre outros. 

Na prática da medicina do trabalho eles ocupam uma dimensão importante, pois nem sempre os pacientes/funcionários apresentam queixas, uma vez que se trata de uma medicina preventiva, ou seja, a doença precisa ser detectada em sua fase inicial ou pré-clínica.

Audiometria

 

A audiometria é um exame que avalia a audição do funcionário. Quando detecta qualquer anormalidade auditiva, permite medir o seu grau e tipo de alteração, assim como orienta as medidas preventivas ou curativas a serem tomadas, evitando assim o agravamento. Este exame só pode ser realizado por um fonoaudiólogo ou otorrinolaringologista, pois são estes os profissionais habilitados a orientar corretamente e acompanhar todas as etapas para a realização do procedimento e suas medidas.

Resultado imediato.

Eletrocardiograma

 

O E.C.G. é um exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (potenciais elétricos) e da sua condução, registrada em gráficos que são comparados com gráficos padrão, o que permite avaliar o ritmo do coração e o número de batimentos por minuto, possibilitando ao médico identificar arritmias cardíacas e distúrbios na condução elétrica do órgão.

 

Resultado em no máximo 24 hrs.

Eletroencefalograma

 

O E.E.G. é um exame que analisa a atividade elétrica cerebral espontânea, captada através da utilização de eletrodos colocados sobre o couro cabeludo. Como a atividade elétrica espontânea está presente desde o nascimento, o objetivo desse exame é obter registro da atividade elétrica cerebral para o diagnóstico de eventuais anormalidades dessa atividade.

 

Resultado em no máximo 24 hrs.

Espirometria

 

Espirometria é um teste que mede a quantidade de ar que uma pessoa é capaz de inspirar ou expirar a cada vez que respira, ou seja, a quantidade de ar que um indivíduo é capaz de colocar para dentro e para fora dos pulmões e a velocidade com que o faz. O exame é destinado ao monitoramento da função respiratória de trabalhadores expostos a poeiras, fumaça, fumos, etc.

 

Resultado em no máximo 24 hrs.

Toxicológico

 

Os exames de toxicologia ocupacional visam o controle de substâncias químicas, ou simplesmente xenobióticos (compostos químicos estranhos) existentes no ambiente de trabalho, por serem marcadores biológicos, fornecem informações para um efetivo controle da exposição dos trabalhadores a estes elementos através de dosagens sanguíneas e/ou urinárias. Baseado em avaliações ocupacionais mais complexas do ambiente de trabalho  é possível determinar medidas de controle e de proteção ao trabalhador acompanhando os limites de tolerância para algumas substâncias que comprovadamente causam danos à saúde do trabalhador através da Norma Regulamentadora 15 (NR-15).

 

Resultado em no máximo 2 dias.

Laboratoriais

Os exames laboratoriais ocupacionais são uma série de exames ou testes indicados pelo médico do trabalho com base na função exercida pelo colaborador, afim de diagnosticar, atestar ou acompanhar uma doença previamente adquirida. Os principais exames ocupacionais deste segmento são: Hemograma, Parcial de Urina, Parasitológico de fezes, Coprocultura, Micológico, Bacterioscopia, Gama GT, Tipagem sanguínea e etc.

 

Resultado em 2 dias, variando de acordo com o tipo do exame.

Raio X

São basicamente o mesmo que os raios de luz visíveis. Ambos são formas de ondas de energia eletromagnéticas carregadas por partículas chamadas fótons.

São aplicadas para extrair imagens de qualquer parte do corpo, sendo utilizado para observar várias patologias, pois permite a avaliação anatômica e funcional dos sistemas e aparelhos do organismo humano.exame de raio X ocupacional é um exame que extrai imagens de qualquer parte do corpo e é utilizado como método inicial na avaliação de várias patologias, pois permite a avaliação anatômica e funcional dos sistemas e aparelhos do organismo humano.

Na medicina ocupacional, a radiografia mais solicitada é a de tórax, comumente chamada de raio-x de tórax, e avalia a caixa torácica, o sistema respiratório e o mediastino. Ela serve para diagnosticar os pulmões, tamanho e contornos do coração, mediastino, pleura, diafragma e os ossos da caixa torácica (costelas, esterno e vértebras).